sexta-feira, 25 de abril de 2014

DIREITO OU OBRIGAÇÃO.

Uma vez que o voto é obrigatório, o direito político qualifica-se também como uma obrigação. Mas o voto deveria ser imposto por lei ou uma obrigação moral?


Vivemos em um regime democrático, assim, o voto deveria ser concebido apenas como um direito. Dessa forma, os cidadãos participariam da formulação do Estado não obrigatoriamente, mas de forma voluntária, consciente e refletida. O voto facultativo, a meu ver, seria mais autêntico.

Deveríamos conscientizar o eleitor da importância de escolher bem o candidato, e não impor àquele o exercício do voto, como se precisasse da tutela do Estado no seu direito de ser representado no cenário político.


Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: Sexta-feira, 25 de abril de 2014.



Nenhum comentário:

Postar um comentário