quinta-feira, 4 de julho de 2013

ORAÇÃO

ORAÇÃO


Alguns, ao orar, sentem-se constrangidos pela linguagem corporal da oração.

Devemos nos ajoelhar? Fechar os olhos? Usar uma abordagem formal ou casual? Qual o estilo apropriado de oração?

A própria Bíblia inclui uma variedade de estilos. Pedro ajoelhava-se, Jeremias ficava em pé, Neemias sentava-se, Abraão prostrava-se em terra e Elias colocava o rosto entre os joelhos.


Nos tempos de Jesus, a maioria dos judeus ficava em pé, de olhos abertos voltados para o céu. A virgem Maria orava em forma de poesia; Davi inseria melodia em sua oração.

Devemos escolher a forma de oração que nos parece natural, que combina com a nossa personalidade, pois a oração é uma forma de relacionar-se com Deus, não uma habilidade estabelecida por um ritual religioso.

Relacionamo-nos com outras pessoas não seguindo alguma norma escrita, mas livremente, como indivíduos que possuem rosto, corpo, inteligência e estrutura emocional que não são compartilhados com mais ninguém no mundo.

Mais do que qualquer pessoa, Deus sabe quem somos! 



Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: Quinta, 04 de julho de 2013.


Um comentário: