sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013


UNIDADE CONJUGAL


Todos nós sabemos que, no mundo real do casamento, as diferenças têm levado muitos casais à loucura. Certamente não foi isso que Deus planejou para nós. Já que as diferenças fazem parte de nossa humanidade, devemos conjugar todos os esforços necessários para transformar essas diferenças em recursos, e não em obstáculos.


As diferenças podem ser fatais, mas também podem ser maravilhosas. Infelizmente, alguns cônjuges investem todo esforço para tentar mudar o outro e eliminar as diferenças. As diferenças existem para que um complemente o outro e fortaleça a efetividade do casamento.

Às vezes eu me pergunto: Por que Jesus escolheu doze homens com personalidades diferentes para serem seus discípulos? Acredito que Jesus não queria uniformidade, mas unidade. Pois cada um complementava o outro conforme trabalhavam em equipe visando a alcançar os propósitos de Deus.

Da mesma formam há uma grande diferença entre unidade e uniformidade no casamento. Deus deseja que marido e mulher se tornem um, mas não que sejam similares.



Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: Sexta, 01 de Fevereiro de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário