sexta-feira, 9 de novembro de 2012


O CASAMENTO É UMA SINFONIA


Um casal necessita encontrar a mesma frequência para poder ter “sintonia”. Necessita coincidir no tempo e momento apropriado para falar, o que é chamado de “sincronia”. Necessitam ter os mesmos sentimentos, que é o que significa a palavra “simpatia”. Isto é, tocar a mesma partitura.


Quando uma mulher diz que está angustiada ou preocupada por este ou aquele motivo, o homem procura oferecer uma solução prática para o problema, pois é assim que ele racionaliza. Ela fica frustrada porque não esperava um conselho, e sim solidariedade. Simplesmente queria alguém com quem compartilhar sua angustia ou sua preocupação. Não há sintonia. Não há sincronia. Não há simpatia.

Devemos buscar a capacidade de situar-nos no lugar e momento adequados, com o sentimento apropriado para poder escolher e compreender o que alguém quer dizer.

Porque a comunicação entre cônjuges é como uma sinfonia em que os instrumentos tocam, cada um em seu momento e com a tonalidade e ritmo devido, para produzir a harmonia.


Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: Sexta, 09 de Novembro de 2012 às 13:20

Nenhum comentário:

Postar um comentário