sábado, 3 de novembro de 2012


DIA INTERNACIONAL DO IDOSO


No mês outubro comemoramos o dia nacional e internacionalmente das pessoas idosas. É ensejo, pois, de refletirmos sobre os avanços em relação à qualidade de vida desses indivíduos e às condições necessárias para que vivam bem.

Se antes a velhice era associada à inatividade, dependência e enfermidades, hoje se vê que os idosos são cada vez mais saudáveis e dispostos, interessados em ocupações físicas e intelectuais que os instiguem a superar contingências inevitáveis do avançar da idade.


Entre os idosos, é crescente o interesse em voltar a estudar, fazer viagens e excursões e, no caso de viuvez ou separação, procurar novo parceiro para essas atividades.

A imagem de carência associada aos avós de tempos atrás está cada vez mais distante dos contemporâneos. Hoje, não só eles ajudam muito na criação dos netos, como chegam a ajudar a família financeiramente e de forma significativa.

No entanto, é preciso ter consciência de que, apesar de estarem mais autônomos e cheios de vigor, os idosos requerem atenção especial e preparo de todos os que lidam com suas rotinas, seja na assistência em saúde, educacional, recreativa ou ocupacional.

A todos os idosos brasileiros expresso o meu desejo de que encontrem sempre o conforto espiritual para encararem os desafios impostos pela idade e que, em paz, possam desfrutar de longos anos de vida produtiva e feliz.


Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: Quarta, 31 de Outubro de 2012 às 21:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário