sexta-feira, 2 de março de 2012

NUNCA É TARDE DEMAIS


Nenhum casamento é totalmente único, singular. Na verdade, os problemas nos casamentos são frequentemente muito semelhantes. A questão de sermos bem-sucedidos ou falharmos em nosso casamento depende geralmente mais de como lidamos com nosso problema do que do fato de os termos.

Sabemos que mesmo as mais difíceis experiências da vida podem ser portas para novos começos, nova compreensão e crescimento com mais amor do que jamais imaginamos no início de nosso casamento.


Já não podemos começar de novo em muitos aspectos de nossa vida juntos. Por exemplo, nossos filhos são adultos e se foram, por isso é impossível para nós começar de novo a criá-los e alimentá-los. Demos tudo o que podíamos nos seus anos de crescimento; agora, nossa principal contribuição é estar por perto e disponíveis quando precisam de nós.

O fato de não podermos corrigir nossos erros passados ou criar nossos filhos de novo torna cada pai triste em uma ou outra medida. Quem de nós já não disse: “Se eu tivesse de fazer de novo, faria de modo diferente”?

Mas o casamento é diferente. Enquanto tivermos fôlego, teremos a possibilidade de recomeçar. Podemos ainda pôr todas essas idéias e ideais em prática.

Qualquer casamento pode ser mudado ou melhorado se os parceiros mudarem ou melhorarem. Não precisamos ficar resignados com um relacionamento estático e insatisfatório.

Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: sexta, 02 de Março de 2012 às 22:23

Nenhum comentário:

Postar um comentário