sexta-feira, 9 de março de 2012

COMUNICAÇÃO REAL E PROFUNDA


Comunicar quem somos é revelar ou compartilhar nossa individualidade com outra pessoa. É exprimir completamente aquilo que eu sou, que é diferente de qualquer um.

Isto significa mais do que meramente exprimir sentimentos superficiais, tais como se estamos bem ou mal, felizes ou tristes. Estes sentimentos são geralmente fáceis de detectar na intimidade da amizade e do casamento.


Chegar a este nível mais profundo de comunicação é chegar ao lugar em que começo a dizer a meu cônjuge meus sentimentos íntimos mais profundos de medo, frustração, ódio, mágoa, ira, amor, alegria e satisfação, assim como meus desejos e aspirações reais.

No casamento, Deus pretende que nos tornemos “uma só carne”, o que inclui a união sexual, porém é mais do que isto. É a exposição de nós mesmos diante do outro para revelar “quem” somos. Despimo-nos de nossos papéis e arrancamos nossa máscaras e couraça protetora, colocando-nos totalmente despidos diante do outro para revelar nosso verdadeiro eu.

Neste nível de comunicação iniciamos uma grande aventura, aquela em que experimentamos um crescimento real, juntos. Começamos a compreender não somente o que fazemos, mas por que fazemos as coisas que fazemos.

O casamento apresenta o maior potencial para os seres humanos crescerem dentro de um relacionamento, mas somente se aprendermos a nos comunicar neste nível mais profundo dos sentimentos secretos, abrindo-nos totalmente um ao outro.



Por: Bispo Antonio Bulhões
Data: sexta, 09 de Março de 2012 às 20:15


Nenhum comentário:

Postar um comentário